No mês das crianças, Associação Caatinga promove apresentações de teatro de fantoches sobre os cuidados com o meio ambiente em instituições

Para marcar o mês das crianças, a Associação Caatinga (AC) irá promover apresentações de teatro de fantoches em três importantes instituições de Fortaleza. No dia 16 de outubro, às 15h, no Instituto Pensando Bem; no dia 17, às 14h, no Instituto Rocha Lima; e no dia 18, às 14h, na Associação de Moradores do Henrique Jorge. O objetivo é criar um vínculo afetivo entre as crianças e o meio ambiente, especialmente o bioma Caatinga.

Essa é mais uma ação do projeto No Clima da Caatinga (NCC), realizado pela Associação Caatinga e patrocinado pela Petrobras por meio do Programa Petrobras Socioambiental. No teatro de fantoches, quatro personagens representando o tatu-bola, a onça-parda, o agricultor e uma criança são utilizados como ferramentas lúdicas e atrativas para conversar com as crianças sobre a floresta da Caatinga. A história aborda uma linda amizade construída entre uma garotinha chamada Jurema, que mora na cidade grande, e Sussu, uma simpática onça-parda que mora na floresta. Dito isso, o objetivo da história é apresentar a Caatinga de maneira simples e divertida.

Após a fábula, aparece o “Tatutinga”, mascote do projeto No Clima da Caatinga, para abraçar e interagir com as crianças. “Queremos despertar esse cuidado com o meio ambiente já na infância, promovendo um elo afetivo entre as crianças, a fauna e a flora”, destaca Marília Nascimento, coordenadora de educação ambiental da Associação Caatinga.

Projeto No Clima da Caatinga
O projeto é realizado pela Associação Caatinga em parceria com a Petrobras, por meio do Programa Petrobras Socioambiental, atua no semiárido brasileiro desde 2011 e atualmente está em sua quarta fase. O objetivo é diminuir os efeitos potencializadores do aquecimento global por meio da conservação do semiárido, a partir do desenvolvimento de um modelo integrado de conservação da Caatinga.

Sobre a Associação Caatinga
A Associação Caatinga é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, cuja missão é conservar a Caatinga, difundir suas riquezas e inspirar as pessoas a cuidar da natureza. Desde 1998, atua na proteção da Caatinga e no fomento ao desenvolvimento local sustentável, incrementando a resiliência de comunidades rurais à semiaridez e aos efeitos do aquecimento global.

Compartilhe nas redes sociais!