Gestores de todo o Brasil participam de treinamento de aceleração de resultados em Fortaleza

Uma imersão presencial, prática e objetiva, com donos de empresas e gestores em cargos de liderança de todo o país acontece em Fortaleza, nos dias 16 e 17 de junho, no Gran Mareiro Hotel. Trata-se do treinamento de aceleração de negócios Gestores de Alta Performance (GAP), comandado por Marcos Freitas, empresário que assina o método Alta Performance, baseado na sua experiência de 22 anos como gestor executivo, replicado em treinamentos com cerca de 3.000 empresas e 30.000 profissionais, em projetos realizados no Brasil, nos EUA, na China, no Canadá, em Israel e Portugal.

O GAP é destinado a empresários e gestores que buscam se profissionalizar e elevar o nível de entrega nos resultados. Já passaram pelo método marcas como Bangs, CDMax, Lenita, Celebre, Greenlife, CenterBox, Clementino Fraga, Carmehil, São Carlos Imagend, R7 Informática e Pizza Hut. No evento, dividido entre aulas e projetos aplicados, serão debatidos fatores fundamentais para a alta performance das empresas: planejamento estratégico, gestão, controle de custos, vendas, seleção de time, desenvolvimento e retenção de talentos.

“O conhecimento pode vir de muitas formas, mas nada supera a prática de métodos testados, com ferramentas validadas. O participante sai do GAP expert em gestão, preparado para identificar pontos para corrigir e, então, acelerar os Uma imersão presencial, prática e objetiva, com donos de empresas e gestores em cargos de liderança de todo o país acontece em Fortaleza, nos dias 16 e 17 de junho, no Gran Mareiro Hotel. Trata-se do treinamento de aceleração de negócios Gestores de Alta Performance (GAP), comandado por Marcos Freitas, empresário que assina o método Alta Performance, baseado na sua experiência de 22 anos como gestor executivo, replicado em treinamentos com cerca de 3.000 empresas e 30.000 profissionais, em projetos realizados no Brasil, nos EUA, na China, no Canadá, em Israel e Portugal.

O GAP é destinado a empresários e gestores que buscam se profissionalizar e elevar o nível de entrega nos resultados. Já passaram pelo método marcas como Bangs, CDMax, Lenita, Celebre, Greenlife, CenterBox, Clementino Fraga, Carmehil, São Carlos Imagend, R7 Informática e Pizza Hut. No evento, dividido entre aulas e projetos aplicados, serão debatidos fatores fundamentais para a alta performance das empresas: planejamento estratégico, gestão, controle de custos, vendas, seleção de time, desenvolvimento e retenção de talentos. “O conhecimento pode vir de muitas formas, mas nada supera a prática de métodos testados, com ferramentas validadas. O participante sai do GAP expert em gestão, preparado para identificar pontos para corrigir e, então, acelerar os resultados da empresa, tudo que queremos ainda em 2022”, diz Marcos Freitas.

Já em sua 58ª turma, o treinamento GAP é realizado presencialmente em Fortaleza e São Paulo e há também turmas online, já tendo capacitado 8.500 gestores para aceleração de resultados. O treinamento que acontece nos dias 16 e 17 de junho na capital cearense está com inscrições abertas no site https://altaperformancenosnegocios.com.br/gap/

Marcos Freitas

Fundador e CEO da aceleradora de negócios Seja Alta Performance, Marcos Freitas é empresário, consultor e mentor do método Alta Performance, com projetos realizados no Brasil e em países como China, Portugal, EUA, Israel e Canadá. Executivo com 22 anos de experiência nas áreas comercial e gestão de negócios é graduado em Marketing e possui 12 formações internacionais. Realiza missões no exterior com empresários brasileiros anualmente, para potencializar know-how e network. É autor de três livros, sendo o último, “Coragem para crescer”, o mais vendido no Brasil no segmento de negócios.

Super Desafio Empresarial

Além do treinamento GAP, de 20 a 23 de junho será realizado o Super Desafio Empresarial, um treinamento online voltado para donos de empresas, profissionais liberais e demais interessados em aprender estratégias de gestão profissional. Em quatro dias, o participante recebe tarefas para aplicar na empresa no dia seguinte. Os temas são produtividade, redução de custos, engajamento da equipe e aumento nas vendas. Inscrições no site https://superdesafioempresarial.com.br

SERVIÇO

Treinamento Gestores de Alta Performance (GAP), com o empresário Marcos Freitas – Dias 16 e 17 de junho de 2022, no Gran Mareiro Hotel (Rua Oswaldo Araújo, 100 – Praia do Futuro, Fortaleza/CE).

Informações e inscrições:  https://altaperformancenosnegocios.com.br/gap/.

Universitários realizam ação educativa em saúde no combate às arboviroses

As arboviroses são as doenças causadas pelos chamados arbovírus, que incluem o vírus da Dengue, Zika e Febre Chikungunya e que são transmitidas pelo mosquito Aedes aegypti. O aumento atual da ocorrência das arboviroses circulantes no Brasil e em Fortaleza, aumenta a necessidade de alertar a população sobre os modos de prevenção de criadouros do mosquito e também dos sintomas de cada doença, diferenciando uma da outra. Pensando nisso, os alunos do curso de Farmácia do Centro Universitário Estácio do Ceará, realizam nesta sexta-feira (10/06), das 8h às 11h, no Posto Rigoberto Romero, no bairro Cidade 2000, ação educativa para a comunidade.

A coordenadora do curso de Farmácia da Estácio Ceará, Patrícia Quirino, explica o objetivo da atividade. “Teremos sempre ações para o estímulo dos alunos a colocar em prática os aprendizados do estágio”, relata.

Durante o evento, um stand será montado na entrada da unidade de saúde para esclarecimentos. “Os discentes estarão na entrada na entrada do Posto de Saúde, onde será o nosso ponto de apoio. Os alunos irão conversar com as pessoas que estão aguardando atendimento, explicando a ação e tirando as dúvidas sobre as arboviroses”, explica Patrícia.

Serviço:
Universitários realizam ação educativa em saúde no combate às arboviroses
Data: 10/06 (sexta-feira)
Horário: 08h às 11h
Local: Posto de Saúde Rigoberto – Avenida das Graviolas, 195 – Cidade 2000.

Última parcela do IPVA vence nesta sexta-feira

A quinta e última parcela do Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) 2022 vence nesta sexta-feira (10/5). Neste ano, os contribuintes que optaram pelo parcelamento foram beneficiados com abatimento de 5%, podendo chegar a até 10% com o desconto concedido pelo programa Sua Nota Tem Valor para os participantes que acumularam pontos em 2021. Os proprietários de veículos emplacados no Ceará podem emitir o boleto de pagamento pelos aplicativos Ceará App e Meu IPVA ou por este site.
O Documento de Arrecadação do Estado (DAE) será gerado mediante a informação do chassi do veículo ou do Registro Nacional de Veículos Automotores (Renavam) e da placa. A rede autorizada a receber o imposto inclui os bancos Caixa Econômica, Bradesco, Banco do Brasil (BB), Banco do Nordeste do Brasil (BNB), Santander, Itaú e casas lotéricas. Há também a opção de pagar o IPVA com cartões de crédito vinculados ao Banco do Brasil ou Bradesco.
Até o momento, aproximadamente 843 mil contribuintes pagaram as primeiras parcelas do imposto, o que representou uma arrecadação de quase R$ 606 milhões. Outros cerca de 614 mil donos de veículos quitaram o IPVA em cota única, resultando no ingresso de aproximadamente R$ 380 milhões nos cofres públicos estaduais.
Desconto Sua NotaOs participantes do Sua Nota Tem Valor somente receberão o desconto de até 5% se pagarem a quinta parcela até esta sexta-feira.
Frota TributadaCerca de 2,3 milhões de veículos serão tributados, com previsão de arrecadar em torno de R$ 1,5 bilhão. Do total recolhido, 50% pertencem ao Tesouro Estadual e os outros 50% são destinados aos municípios onde os veículos estão licenciados.
Aplicativos Ceará App e Meu IPVADisponíveis para smartphones e tablets, as ferramentas podem ser baixadas gratuitamente nas lojas Play Store (Android) e App Store (IOS). Por meio dos aplicativos, o contribuinte pode emitir o boleto de pagamento, copiar o código de barras e efetuar o pagamento pelo Internet Banking do celular, além de fazer consultas sobre a situação do veículo.
Passo a passo > Selecione a opção “Pagar IPVA” e digite a placa e o Renavam ou o chassi.
Como pagar o IPVA pelo site da SefazNo site da Sefaz, o contribuinte deve acessar o menu “Serviços” e a opção “IPVA”. Em seguida, basta selecionar o botão “Acesso ao Sistema” e escolher o item “Imposto”.Depois, é só clicar em “Emitir DAE IPVA” e digitar os dados do veículo (chassi ou placa e Renavam). Após pesquisar, o sistema apresentará os valores das cinco parcelas e, logo abaixo, as opções “Imprimir Carnê” e “Imprimir Saldo Devedor”. Escolhendo o item “Imprimir Carnê”, o contribuinte emitirá, em um único documento, todos os boletos de parcelamento. Já a opção “Imprimir Saldo Devedor” é para quem desejar emitir um único DAE com o valor integral do IPVA.
Consequências para quem atrasarO contribuinte que perder o prazo do pagamento terá de arcar com juros e multa de 0,15% ao dia, até o limite de 15% sobre o valor do imposto. Com o IPVA atrasado, não poderá fazer o licenciamento do veículo, correndo o risco de pagar multa de trânsito e ter o carro retido pelo Departamento Estadual de Trânsito do Ceará (Detran-CE).
O proprietário do veículo também terá o nome incluído na Dívida Ativa do Estado, ficando impossibilitado de tomar empréstimos, participar de licitações, abrir empresas e obter benefícios fiscais. Os valores inscritos na Dívida Ativa serão cobrados por meio de protesto em cartório ou judicialmente pela Procuradoria Geral do Estado.
Fique atentoA Secretaria da Fazenda não envia boletos pelos Correios, por e-mail, SMS ou WhatsApp.

Estácio Ceará realiza Feira das Profissões nesta sexta-feira

Objetivo é mostrar aos alunos do ensino médio as possíveis carreiras. Serão mais de 30 cursos distribuídos nas áreas de Saúde, Ciências Jurídicas, Engenharia, Gestão e Tecnologia.

Está agendada para esta sexta-feira (10/06), das 13h às 17h, a Feira das Profissões do Centro Universitário Estácio do Ceará, Unidade Via Corpvs. O evento é gratuito e aberto ao público e tem o objetivo de apresentar ao aluno do Ensino Médio, o universo acadêmico e profissional das carreiras.

São esperados mais de 1000 alunos de escolas públicas e privadas para participar do evento. O reitor do Centro Universitário Estácio do Ceará, Josué Viana, explica que na ocasião, os visitantes terão a oportunidade de conversar com universitários, professores especialistas, mestres e doutores.  “A Estácio Ceará busca com essa ação trazer o conhecimento sobre as profissões e mercado para sanar as dúvidas dos estudantes sobre qual carreira seguir. A experiência que queremos oportunizar será de encantamento com simulações práticas da vivência profissional.”, ressalta.

Participam da programação os cursos nas áreas de Saúde, Ciências Jurídicas, Engenharia, Gestão e Tecnologia.

Neurobusiness: estudo de brasileiros revela como empresários podem potencializar resultados por meio da neurociência

Os empresários possuem condições de potencializar seus negócios e melhorar ainda mais seus resultados, caso invistam no neurobusiness. É o que defende um estudo elaborado por pesquisadores brasileiros e publicado na edição de junho deste ano da Revista Científica Multidisciplinar Ciencia Latina, conveniada ao Grupo Redilat, uma importante rede de Investigadores Latinoamericanos. Com a publicação do artigo, a equipe espera contribuir com a formulação de novas teorias relacionadas ao funcionamento do cérebro no contexto empresarial.

Intitulado “El neurobusiness y su aplicación como medio para optimizar el negocio” (em português, “O neurobusiness e sua aplicação como meio para otimizar os negócios”), o estudo foi liderado pelo neurocientista e diretor do Departamento de Ciências e Tecnologia da Logos University International, nos Estados Unidos, Prof. Dr. Fabiano de Abreu Agrela Rodrigues. Além de Abreu, o artigo também é assinado por Eduardo António de Souza Campos e Jennifer Aline Silva de Paula.

Para os autores, o neurobusiness é uma tendência de mercado que pode contribuir para os resultados de diversos empresários ao redor do mundo. Depois de estudar o comportamento do cérebro no contexto empresarial e financeiro, a equipe entendeu que é possível aplicar conceitos da neurociência, já conhecidos por pesquisadores, nos negócios em geral.

Entre as conclusões estão a possibilidade de se otimizar uma campanha de marketing baseada em determinadas características de personalidade mapeadas por meio da neurociência. Assim, ao saberem questões mais específicas sobre os grupos que se quer atingir, como fobias, hábitos, traumas infantis, tendências genéticas, tendencias regionais, as empresas poderão saber o que e como lhes oferecer.

“Sabemos como estimular o cérebro, os neurotransmissores, mas o material humano é uma incógnita e o azar é algo possível. Ainda assim, estaremos mais preparados e prontos para utilizar o cérebro a nosso favor, podendo utilizar o neuromarketing para captar novos clientes e novos leads, utilizar a neurovenda para conseguir negócios, a neurogestão para otimizar processos e reduzir custos, e outros muitos conceitos”, escrevem os autores. “O cérebro é o futuro, a revolução empresarial”, dizem.

Além deste artigo publicado na revista Ciencia Latina, um curso de neurobusiness será lançado por Abreu, na Escola Europeia de Negócios, na Espanha e Bolívia, na versão em espanhol e também na Logos University International, versão inglês e português. “Esse artigo ele é uma introdução, um pequeno resumo do que vai ser o curso que eu vou montar”, completa. O texto da publicação pode ser conferido neste link.

Congresso de Educação do Sistema Fecomércio tem início com assinatura de novas parcerias e debate sobre educação inclusiva

O Sistema Fecomércio, através do Sesc e Senac, escolheu o Centro de Eventos do Ceará para o lançamento do seu III Congresso de Educação. O encontro deste ano volta a ser presencial e aborda, principalmente, o aperfeiçoamento docente e metodologias inovadoras em sala de aula. A abertura aconteceu nesta quarta-feira (8). A programação segue até esta sexta-feira (10) e conta com um time de profissionais especializados, de renome, que estão proporcionando além de novos conhecimentos, reflexões para o aprimoramento da atuação profissional do corpo docente do Sesc e Senac Ceará.

O evento chegou em sua terceira edição discutindo soluções educacionais para alunos, professores e instituições, todos imersos em ambientes cada vez mais tecnológicos. Durante a programação, o público formado pelo corpo docente do Sistema Fecomércio vai acompanhar palestras, workshops e mesas-redondas.

Em sua fala de abertura, o vice-presidente da Fecomércio, Luiz Fernando Bittencourt, destacou a maneira que o mundo vem se preparando para o pós-pandemia, para os desafios do mercado e como a sociedade vem impondo novas tomadas de decisão também no mundo educacional.

“A pandemia nos impôs nova ordem e novo ritmo, redesenhando nossas relações. É neste tom que o sistema Fecomércio, através do Sesc e Senac, realiza o congresso de educação, mirando nas transformações e inovações educacionais, elementos caros a nós, ao longo destes 74 anos. O Sistema Fecomércio sempre esteve atento às transformações e inovações, tendo como um dos nossos principais pilares o fomento à educação. E quando falamos em inovação na educação é importante focar nas pessoas, e o Congresso vem justamente levantar essa bandeira; fazer educação a partir das diversas mudanças tecnológicas, mas também abrir espaço para que os docentes debatam as dificuldades e desafios vividos no cotidiano”, destacou Luiz Fernando Bittencourt em sua fala de abertura.

O congresso foi pensado também como uma forma de congregar todas as equipes ligadas aos programas de educação do Sesc e as ações educativas do Senac, reunindo o que estas instituições ligadas à Fecomércio entregam à sociedade, como explica Henrique Javi, diretor-regional do Sesc Ceará. “Devido à pandemia estamos passando por uma série de adaptações, uso de novos aparatos, às vezes convivendo com modelos híbridos, às vezes com EaD, mas sem perder o principal compromisso, que é bem educar, caminho de construção de uma sociedade sólida”.

No primeiro dia, além de apresentações culturais como do Reisado do Garajal, Coco de Praia do Iguape e do Coral Sesc Fortaleza, o congresso recebeu a palestra “Quem Cabe no Seu Todos?”, de Claudia Werneck. A palestrante, empreendedora social é autora de 14 livros sobre direitos humanos.

Também no evento, Sesc e Controladoria-Geral da União assinaram parceria para colocar em prática o programa “Um Por Todos e Todos Por Um”. De autoria da CGU e com selo do Instituto Mauricio de Sousa, o programa é focado na educação da ética, cidadania e desenvolvimento do senso crítico das crianças, direcionado às unidades Educar Sesc das cidades de Crato, Juazeiro do Norte, Sobral, Iguatu e Fortaleza, além das unidades do projeto Sesc Ler.

Assinaram a parceria Luiz Fernando Bittencourt, Henrique Javi, Leonildo Gomes Rocha, coordenador do Núcleo de Ações de Ouvidoria e Prevenção da CGU; e Antonio Edilberto Barreto, coordenador do programa no Ceará; além da professora Wládia Medeiros, diretora escolar da Unidade Educar Sesc – Fortaleza I. Para ela, trabalhar conteúdos como ética e cidadania só tem a engrandecer o currículo escolar. “Hoje, o que mais precisamos, é resgatar a cultura dos valores, que anda tão perdida na sociedade e este projeto vem contribuir fortemente com isso”.

Crédito Imagens: Sistema Fecomércio

Aprendizagem: lei combate evasão escolar e trabalho infantil

Criada para incentivar a entrada de jovens em situação de vulnerabilidade no mundo do trabalho, a Lei da Aprendizagem 10.097/2000, segue como a única medida pública que combate simultaneamente a evasão escolar e o trabalho infantil. A iniciativa alia ao trabalho prático, a oportunidade da capacitação por meio de encontros teóricos.

Em pesquisa encomendada pelo Centro de Integração Empresa-Escola – CIEE ao Datafolha, a aprendizagem é apontada como benéfica para tirar jovens e adolescentes da condição “nem-nem” e continuar trabalhando ou estudando. Ao final do programa, ao menos 43% dos egressos estão cursando nível superior, maior que o índice nacional. A cada quatro egressos, três atingiram o objetivo do programa e estudam, ou trabalham.

De acordo com a pesquisa, realizada em 2018, 81% dos aprendizes contribuíram financeiramente em casa, enquanto participaram do programa. Ainda segundo levantamento da instituição filantrópica, encomendado à FIPE, a massa de renda dos aprendizes é de R$ 3,26 bilhões se levado em consideração os números de 2017.

Cenário

Segundo o CIEE, o número de vagas para aprendizes cresceu 6,35% no 1º trimestre deste ano em comparação com o mesmo período no ano passado – número ainda baixo frente às contratações de 2020. A instituição filantrópica tem acompanhado os números com ressalvas, já que a MP 1.116 e o Decreto 11.061 podem diminuir drasticamente as oportunidades para os aprendizes se forem aprovados.

Segundo Humberto Casagrande, CEO do CIEE, a pandemia afetou a empregabilidade dos jovens e o programa de aprendizagem ainda está recuperando as mais de 90 mil vagas perdidas no momento mais crítico deste período.

Especialista alerta sobre aumento de casos de Covid-19

Durante as últimas semanas, a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) alertou para a tendência de aumento de casos de Covid-19 em todas as regiões do Brasil. Segundo informações do Infogripe, publicado em maio, a doença foi responsável por cerca de 48% dos registros de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) durante esse período. Com relação ao número de mortes causadas pela SRAG, 84% são referentes ao novo coronavírus.   

Para o Dr. Luiz Werber-Bandeira, imunologista/alergista e docente do Idomed (Instituto de Educação Médica), as máscaras já estão indicadas no Ceará, em São Paulo e em outros estados do Brasil. Elas deverão ser usadas em locais fechados, porém ele aponta que a vacina diminuiu a gravidade da doença e reforça que muitos brasileiros ainda precisam tomar a terceira dose. Além dos idosos, pessoas acima de 50 anos também já podem ir aos postos para serem vacinados com a quarta dose. 

Ainda de acordo com o especialista, as crianças também devem usar máscaras em locais fechados e os pais e ou responsáveis devem imunizar aquelas que já podem ser vacinadas. Com a chegada do inverno, os idosos também deveriam se proteger da Influenza, cuja doença pode trazer diversas complicações nos que já contam com uma certa idade.

Em Fortaleza, segundo o boletim epidemiológico da Secretaria Municipal da Saúde (SMS), após meses de queda expressiva de casos, a circulação viral de Covid-19 apresenta uma “tendência de alta”. A média móvel de casos atual, que é de 26,1, aumentou em relação à contabilizada há duas semanas, quando o indicador era de 25 casos. Ainda de acordo com o boletim, no início de abril a média móvel de casos chegou a 12,9, em maio o indicador passou a 19,6 e prosseguiu em aumento nas semanas seguintes.